segunda-feira, 2 de março de 2009

Pele Desidratada

Nos últimos tempos, muitos têm sido os casos que têm chegado à caixa de correio da Consultora Clinique de consumidoras com problemas de desidratação.

Para percebermos melhor em que consiste este problema, colocámos algumas questões ao Dr. David Orentreich, Dermatologista Orientador da Clinique e filho do fundador da marca, Dr. Norman Orentreich.

Qual a diferença entre uma pele seca e uma pele desidratada?
‘Seco’ significa falta de água, não-molhado, o que quer dizer que determinada superfície nunca teve água. ‘Desidratado’ quer dizer que já existiu água, mas que esta desapareceu dando origem a secura. Ambas as palavras dizem respeito à falta de água, mas no dia-a-dia a palavra ‘seco’ é mais utilizada para descrever a ausência de oleosidade natural da pele e ‘desidratado’ a falta de água.

Há dois factores a ter em conta quando falamos de ‘pele seca’: a hidratação epidérmica/da camada de queratina e a quantidade normal de água na pele. É necessário distinguir sempre uma pele suave e uniforme de uma pele irregular, a qual geralmente tem um toque seco, mesmo quando está adequadamente hidratada.

É possível uma pele oleosa estar desidratada? Como?
Sim, é possível. É aquilo a que chamamos o ‘síndroma da fonte de hidratação no deserto’. Apesar das glândulas sebáceas produzirem uma quantidade suficiente de oleosidade, a pele à sua volta pode estar seca. A produção sebácea desempenha um papel fundamental na retenção da hidratação nas células que se encontram à superfície da pele; mas por si só pode não chegar, não sem um hidratante (o qual evita que a água evapore).

Uma pessoa que tenha a pele das mãos muito seca pode experimentar mergulhar uma mão numa taça cheia de óleo e a outra numa taça cheia de água. A mão que está em contacto com o óleo continuará seca, mas a mão mergulhada em água será re-hidratada. No entanto, se a mão que está em contacto com a água dela for retirada, acabará por ficar completamente desidratada, a não ser que lhe seja aplicada uma substância emoliente. É aqui que os hidratantes e os ingredientes que ajudam a minimizar a perda de água transepidérmica entram em acção. Para manter uma pele oleosa (ou qualquer outro tipo de pele) hidratada, é necessário evitar, sempre que possível, condições ambientais que provoquem perda de hidratação e compensá-la com substâncias emolientes sempre que estas condições não possam ser evitadas.

As peles oleosas são particularmente propensas à descamação e à formação de pontos negros. Daí a necessidade de medidas específicas, traduzidas na escolha de substâncias emolientes que ‘prendam’ a hidratação mas não agravem o acne. Os hidratantes absorvem a hidratação do ar e ajudam a reter a água na pele.

Por que razão a pele seca, à medida que envelhecemos?
A retenção da hidratação, uma das funções da barreira da pele, vai diminuindo gradualmente com a idade, ou seja, a pele vai perdendo a sua capacidade de reter a água.

Existem ainda outras razões, tais como:

· A velocidade de renovação das células vai igualmente abrandando com a idade, o que causa um maior desgaste e fragilidade à superfície da pele. As células que se encontram mais à superfície vão ficando cada vez mais velhas e secas, o que faz com que toda a pele pareça (e fique) seca;
· A produção sebácea diminui nas mulheres a partir dos 45 anos, em parte devido à queda dos níveis da hormona Adrenal Hormone Dehydropeiandrosterone (DHEA). Na pele, esta hormona é transformada em hormonas reguladoras da actividade das glândulas sebáceas;
· Os danos cumulativos resultantes da exposição solar provocam uma série de alterações, incluindo má circulação e uma redução no transporte de água.

A desidratação da pele está relacionada com a idade?
Está. A pele desempenha uma multiplicidade de funções na qualidade de ‘barreira’. Uma dessas funções é reter a hidratação, capacidade essa que vai diminuindo com a idade. A pele fica mais fina e a produção sebácea decresce. Os efeitos dos danos cumulativos provocados pela exposição solar afectam ainda mais a função da barreira. E existem também casos de pessoas que ficam com a pele seca ainda muito novas, devido a factores genéticos.

O que pode desidratar a pele?
O ar seco (casas aquecidas, aviões), o vento (aumenta a evaporação da água), a exposição solar, limpar (ou esfoliar) muito a pele sem depois a hidratar, altas altitudes (com baixos níveis de humidade), o consumo de alcoól, a febre ou fumar. O consumo insuficiente de água após períodos de transpiração acentuada (exercício, temperaturas altas) também pode contibuir para a desidratação da pele.

Por que razão as crianças não necessitam de hidratantes?
A barreira da pele de uma criança funciona melhor do que nunca (isto é, na ausência de doenças). Não existem danos provocados pela exposição solar, a epiderme está saudável e a velocidade de renovação das células está ao máximo, o que quer dizer células novas e frescas a virem à superfície todos os dias. Existem excepções: algumas crianças sofrem de facto de secura na pele, mas isso deve-se geralmente a factores hereditários, muitas vezes associados à ocorrência de alergias.

7 comentários:

Naz disse...

olá!
tenho 26 anos e a minha pele para além de ser sensível, é mista e desidratada na zona dos olhos...o que posso fazer para resolver todas estes itens? que tipo de produtos devo usar e que tipos de tratamento devo fazer?
obrigada*

Clinique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clinique disse...

Cara Naz,

Como pode compreender, é-nos completamente impossível (nem seria muito sério da nossa parte) aconselhá-la online, sem vê-la pessoalmente...

Não tem hipótese de ser vista por uma Consultora Clinique? Diga-nos onde mora e nós teremos todo o gosto em identificar a Consultora mais próxima de si!

Naz disse...

Eu só da zona de Coimbra...e para agravar agora ando com eczema :S a minha pele já é sensível mas agora está mais!
:(

Clinique disse...

Cara Naz,

Relativamente ao eczema, o melhor mesmo é consultar um dermatologista, na medida que se trata de um problema que ultrapassa o âmbito da cosmética.

De qualquer modo, vamos ter uma Consultora Clinique chamada Cristina Ferrão na Perfumaria Douglas de Coimbra, nos dias 9 e 10de Abril. Porque não vai lá ter com ela, depois do problema do eczema resolvido?

patricia varanda disse...

ola eu tenho 34 anos e durmo muito pouco ...gostaria de saber que fasso para idratar a parte dos olhos,pq me dar bolsas d´agua em baixo e estou triste com este problema o que devo fazer para resolver esta situação??ja ate pensei corre numa sirugia ou fazer aplicação de botox...me ajudem...obrigada

Clinique disse...

Cara Patrícia,

Como poderá compreender, é muito complicado (para não dizer impossível e pouco sério), aconselhá-la assim, pela internet, sem vê-la.

Não tem hipótese de ser vista pessoalmente por uma Consultora nossa, num ponto de venda Clinique? Ou, melhor ainda, já ponderou consultar um dermatologista?